Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

CONSÓRCIO NORDESTE – João Azevêdo discute medidas que garantem investimentos em energias renováveis no Nordeste com ministro das Minas e Energia

O ministro Alexandre Silveira recebeu os argumentos do Consórcio Nordeste e deverá finalizar nos próximos dias o texto que será assinado pelo presidente Lula

O presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste) e governador da Paraíba, João Azevêdo, se reuniu, nesta quinta-feira (23), em Brasília, com o ministro das Minas e Energia, Alexandre Silveira, ocasião em que discutiu o texto da Medida Provisória que deverá ser assinada pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sobre a prorrogação das outorgas para as empresas que atuam no segmento das energias renováveis.

Na ocasião, João Azevêdo ponderou sobre a importância da medida para a economia do Nordeste, que tem um grande potencial na geração de energia limpa. “A nossa região já tem um grande volume de investimentos no setor e muitos que estão para iniciar. Tivemos uma grande vitória com os novos leilões das linhas de transmissão e precisamos da extensão das outorgas para garantir a permanência dos empreendimentos que atuam no segmento das energias renováveis, assegurando mais emprego e qualidade de vida para nossa população”, comentou.

LEIA TAMBÉM:

LICITAÇÃO – Mamanguape ganhará Central de Polícia Civil do Vale do Mamanguape

ELEIÇÕES 2024 – Em Itapororoca Celso Morais crava apoio à Batista Torres. Prefeita vai ter que “administrar” imbróglio

SAÚDE EM MUNICÍPIOS DA PARAÍBA – TCE constata situação precária e deverá pedir medidas urgentes

O Consórcio Nordeste pleiteia ao governo federal a prorrogação da concessão de benefícios da Tarifa de Uso do Sistema de Transmissão de Energia Elétrica (TUST) pelo período de 36 meses, prazo necessário para que os projetos apresentados até o dia 2 de março de 2022 coincidam com o início das operações das linhas de transmissão. “Dessa forma, poderemos escoar a energia gerada pelo Nordeste para o restante do país e manter o ritmo de crescimento da nossa região”, pontuou João Azevêdo.

Por sua vez, o ministro Alexandre Silveira recebeu os argumentos do Consórcio Nordeste e deverá finalizar nos próximos dias o texto que será assinado pelo presidente Lula.

A reunião também contou com as presenças do governador do Ceará, Elmano de Freitas, e do secretário executivo do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *