Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Segunda (10) é dia de cofres cheios. Prefeituras do Vale do Mamanguape recebem primeiro repasse de Abril do FPM

A “peixada” geral será de R$ R$ 5.411.551.798,93

A “peixada” é boa, mas os Gestores não param de reclamar

De acordo com o consultor de Orçamento César Lima, apesar ter havido um pequeno acréscimo em relação ao FPM repassado aos municípios no mês passado, o valor a ser pago na próxima semana será 10% menor do que o que foi encaminhado aos municípios no primeiro decêndio de abril do ano passado. “Isso se deve a esses cenários de incerteza”, explicou. “O governo ainda está mostrando a que veio, ainda temos que esperar o resultado da economia, dessa nova âncora fiscal e da proposta de reforma tributária”, justificou Lima.

Segundo o especialista em Orçamento Público, a alta taxa de juros também influencia na queda da arrecadação, porque inibe o consumo: “Uma taxa Selic num patamar tão elevado, que diminui o consumo das famílias, principalmente com bens de maior valor agregado”, analisou. “Veja que algumas montadoras de veículos estão dando férias coletivas aos funcionários, uma vez que a demanda está muito baixa, e isso representa um efeito deletério pela manutenção da taxa no atual patamar”, lamentou, completando: Vamos esperar que nos próximos meses haja uma modificação desse cenário”.

Queda 
Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a base de cálculo para o repasse é entre os dias 20 e 30 do mês anterior. Portanto, o 1° decêndio geralmente é o maior do mês e representa quase a metade do valor esperado para o mês inteiro – e isso é preocupante para muitos prefeitos.

Muitas prefeituras dependem do FPM para manter áreas fundamentais, consideradas de primeira necessidade da população. É o caso, por exemplo, de Viradouro (SP), onde – segundo o prefeito Antônio Carlos Ribeiro de Souza (o “Cau Ribeiro”) – os valores do FPM representam a maior fonte de arrecadação do município.

“O FPM é de suma importância, porque é uma cidade pequena, de apenas 19 mil habitantes, que não tem grandes indústrias, que não tem empresas que possam gerar receitas”, lamentou, acrescentando que a realidade que ele enfrenta é o desafio da maioria dos prefeitos brasileiros: “O FPM é a maior receita do meu município”.

Confira os repasses para os municípios do Vale do Mamanguape:

FPM de Mamanguape PB
População (Prévia 2022): 44.599
Valor da Parcela do FPM: 1.546.039,81
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Rio Tinto PB
População (Prévia 2022): 27.352
Valor da Parcela do FPM: 1.082.228,02
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Baía da Traição PB
População (Prévia 2022): 9.147
Valor da Parcela do FPM: 463.811,79
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Mataraca PB
População (Prévia 2022): 8.324
Valor da Parcela do FPM: 463.811,79
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Marcação PB
População (Prévia 2022): 9.807
Valor da Parcela do FPM: 463.811,79
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Itapororoca PB
População (Prévia 2022): 18.461
Valor da Parcela do FPM: 927.623,59
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Curral de Cima PB
População (Prévia 2022): 5.303
Valor da Parcela do FPM: 463.811,79
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Cuité de Mamanguape PB
População (Prévia 2022): 6.261
Valor da Parcela do FPM: 463.811,79
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Capim PB
População (Prévia 2022): 6.976
Valor da Parcela do FPM: 463.811,79
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

FPM de Araçagi PB
População (Prévia 2022): 16.589
Valor da Parcela do FPM: 927.623,59
Valor da reserva para o Município:
Data do Crédito: 10/04/2023

LEIA TAMBÉM:
CHUMBO TROCADO: Deu ruim para bandidos que trocaram tiros com a Polícia em São Bento

FUTEBOL: Sousa e Treze vão para a decisão neste sábado pelo título do Campeonato Paraibano 2023

Entendendo o Fundo
Os recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) fazem parte do dinheiro arrecadado pela União, através de impostos,, que são repassados a cada dez dias (por isso o nome “decêndio”), a todas as prefeituras do país. Portanto, são feitas transferências de dinheiro aos municípios – através do Banco do Brasil – a cada dia 10, 20 e 30 de cada mês. Caso a data caia num sábado, domingo ou feriado, o repasse é antecipado para o primeiro dia útil anterior.
  
O órgão responsável pelo cálculo dos percentuais de participação de cada município é o Tribunal de Contas da União (TCU), de acordo com o número de habitantes de cada cidade e conforme a renda per capita dos Estados. Os municípios são divididos em três categorias: capitais de estado, interior e “reserva”. 

As capitais e Brasília recebem 10% do FPM. Os demais municípios brasileiros (de interior) recebem 86,4% do Fundo, enquanto os municípios “de reserva”, que possuem população superior a 142.633 habitantes, recebem tanto o percentual de participação por ser município de interior, quanto uma cota adicional de 3,6%. 

Aristelson Silva com Brasil 61

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

3 respostas

  1. Wow, awesome weblog structure! How lengthy have you ever been running a blog for?
    you make running a blog look easy. The whole glance of your web site is magnificent, as
    smartly as the content! You can see similar here e-commerce

  2. Greetings from Carolina! I’m bored at work so I decided to browse your blog on my iphone during lunch break.
    I really like the knowledge you provide here and can’t wait
    to take a look when I get home. I’m surprised at how fast your blog
    loaded on my phone .. I’m not even using WIFI, just
    3G .. Anyhow, superb blog! I saw similar here: Sklep internetowy

  3. What’s up, its pleasant article on the topic of media print, we all understand media is a enormous source of information. I saw similar here:
    Sklep internetowy

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *