Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

ESCÂNDALO DO PADRE – Egídio de Carvalho é acusado de falsificar assinatura na compra de granja de R$ 5 Milhões

Testemunha afirma que o Padre visitava o local e chegou a levar o proprietário ao Hospital Padre Zé após o mesmo adoecer

Um homem que se identificou como filho do antigo proprietário da granja do padre Egídio de Carvalho, investigado por desvios milionários do Hospital Padre Zé, acusou nesta quinta-feira (2) o padre de armar a compra da granja. Segundo ele, o padre estava de olho no local e se aproveitou da morte dos proprietários para comprar a granja.

A informação do homem foi dada durante entrevista à TV Arapuan.Ele falou que tudo começou quando o padre comprou um sítio vizinho ao do pai dele, que tinha 80 anos. Morando ao lado, homem disse que o padre fazia visitas constantes ao sítio e chegou a levar o proprietário do local ao Hospital Padre Zé após ele adoecer.

“O padre pegou meu pai, que tinha adoecido, e levou para o Padre Zé. Lá, meu passou passou alguns dias e morreu. A granja então ficou com minha madrasta e eu aconselhei ela a correr atrás da aposentadoria do meu pai, mas ela deixou tudo nas mãos de um irmão e um sobrinho. Foram eles que fizeram o esquema da venda da granja quando a minha madrasta faleceu, um mês depois que o meu pai”, disse a testemunha.

O homem também chegou a acusar o padre Egídio de Carvalho e os familiares da madrasta de falsificar a assinatura do pai dele, já falecido, para conseguir vender o imóvel. Após isso, o padre Egídio se tornou proprietário da granja e os familiares da mulher conseguiram construir uma casa e comprar um carro.

LEIA TAMBÉM:

EM MAMANGUAPE – Pacientes com Diabetes sofrem a falta de medicamentos na Farmácia Básica do município

MEGA-SENA – Bolão de Goiânia leva prêmio de R$ 104 milhões

“Se investigar vai achar. Eu sustento o que eu digo e tenho um irmão que conta a mesmo história. O padre ficava em cima da granja, só de olho. Minha madrasta tinha boa saúde, era mais nova que meu pai e morreu um mês depois, ninguém sabe do que. Falsificaram a assinatura do meu pai para vender a granja. Quando eu soube já estavam murando tudo. Eles (sobrinho e irmão da mulher que morreu) não tinham dinheiro nenhum e apareceram com casa e carro. Existiu cambalacho”, contou o homemM

O advogado do padre Egídio de Carvalho, Sheyner Asfora, falou que não teve acesso à denúncia feita pelo homem que alega ser filho do ex-proprietário do terreno onde hoje está a granja e que não pode se pronunciar sobre o assunto.

“Desconheço totalmente essa acusação e, portanto, não tenho como me posicionar. Ainda não tivemos acesso ao pedido de prisão formulado pelo MP e não temos conhecimento de muito do que está sendo apurado, e foi a motivação do padre Egídio ter ficado em silêncio por ocasião do seu depoimento no dia de ontem”, afirmou o advogado.

Com Clickpb

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

4 respostas

  1. I see You’re actually a excellent webmaster. This site loading velocity is
    incredible. It kind of feels that you’re doing any unique trick.
    Also, the contents are masterwork. you’ve done a great process
    in this topic! Similar here: e-commerce and also here: E-commerce

  2. Howdy! Do you know if they make any plugins to assist with SEO?
    I’m trying to get my website to rank for some targeted keywords but I’m not seeing very good success.
    If you know of any please share. Thank you! You can read similar article here:
    List of Backlinks

  3. Wow, superb blog structure! How long have you been blogging for?
    you made running a blog look easy. The entire
    look of your web site is great, let alone the content!
    I saw similar here prev next and those was wrote by Julieann05.

  4. Wow, superb blog structure! How lengthy have you been running a blog for?
    you make blogging look easy. The full look of your web site is fantastic, let
    alone the content material! I saw similar here prev next and that was wrote
    by Napoleon83.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *