Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

ECONOMIA/FPM – Segundo decêndio de setembro tem repasse 27,5% menor que no mesmo período de agosto; confira valores para seu município

Municípios vão receber pouco mais de R$ 930 milhões, valor 5% menor que no mesmo período do ano passado, quando a União repassou R$ 986.375.481,99 às cidades

Nesta quarta-feira (20), municípios de todo o país devem receber o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao segundo decêndio de setembro. O valor, pago a cada 10 dias pela União, serve para custear despesas básicas como folha de pagamento e débitos com fornecedores. 

O repasse previsto será no valor de R$ 938.383.438,55 —  o que representa 5% a menos do que no mesmo período de 2022 e é 27,5% menor também do que no segundo decêndio de agosto de 2023, quando o FPM repassado foi de R$ 1.292.587.465,56.

Segundo o assessor de orçamento Cesar Lima, os valores dos repasses “de meio de mês” costumam ser mais baixos que os do início e final. Ele ainda explica que a oscilação dos valores é comum e pode ser atribuída à sazonalidade.

“Essa sazonalidade sempre existiu. Ocorre que nesses últimos dois anos  — 2021 e 2022 — , por conta da pandemia o governo fez muitos repasses extras e os municípios, sobretudo os gestores que se elegeram na pandemia, não estavam acostumados com essa sazonalidade.”

Lima ainda chama atenção para outro comparativo. O valor do FPM que será repassado no próximo dia 20 é 47% maior do que o valor repassado no mesmo período de 2018, quando o valor do FPM repassado foi de R$494.073.624,83. 

“Nos últimos cinco anos esse valor praticamente dobrou, e nós não tivemos nesse tempo mais de 100% de inflação —  o que quer dizer que nós temos um ganho real na arrecadação e também no repasse para os municípios.”

LEIA TAMBÉM:

ELEIÇÕES 2024 – Para Deputado Eduardo Brito “requentamento” é acirramento incomum por causa de sua popularidade

ELEIÇÕES 2026/ ADRIANO GALDINO – “Aprendi muito cedo a subir ladeiras com dificuldades e coragem é o que não me falta para os novos desafios”

CONFIRA QUANTO SEU MUNICÍPIO VAI RECEBER NESTA QUARTA-FEIRA 20/09

Cidades que dependem do repasse
A situação econômica é uma das maiores preocupações dos prefeitos de diversas cidades brasileiras, entre elas, Colina, no interior paulista. O município de apenas 18 mil habitantes tem o FPM como principal fonte de custeio. E com a queda nos repasses, o pagamento das despesas fica prejudicado. Para o prefeito Dieb Taha, trata-se de uma arrecadação fundamental para a manutenção dos municípios. 

“Todos nós prefeitos dependemos das arrecadações e o FPM é uma arrecadação principal. A importância é muito grande pois estamos falando de receita para nós podermos atender toda a demanda da nossa cidade.”

Brasil 61

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

2 respostas

  1. You are really a just right webmaster. This site loading pace is amazing.
    It sort of feels that you are doing any distinctive trick.
    Furthermore, the contents are masterwork. you’ve
    done a magnificent task on this subject! Similar here:
    bezpieczne zakupy and also here: Bezpieczne zakupy

  2. Hi! Do you know if they make any plugins to assist with SEO?
    I’m trying to get my blog to rank for some targeted keywords but I’m not seeing very good gains.
    If you know of any please share. Many thanks!

    I saw similar blog here: Backlink Building

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *