Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Vereadores do Vale do Mamanguape fazem verdadeira “farra” silenciosa com dinheiro público e pouco trabalho

Em muitas Câmaras Municipais os parlamentares têm apenas um dia de trabalho a cada 15 dias com expediente de até quatro horas e férias estendidas. Todo servidor sonha e não consegue

Quem fiscaliza ou deveria fiscalizar? O Tribunal de Contas da Paraiba avalia as contas (receitas/despesas), mas horário de trabalho ou o não trabalho, o Ministério Público poderia atuar.

Os vereadores saem alterando os regimentos internos em benefício próprio. Número de sessões e horário de trabalho, cada Casa define o seu. Ou seja, nos 223 municípios não será difícil encontrar uma Câmara que realize apenas uma sessão no mês ou a cada dois.

Em Baia da Traição, Capim, Cuité de Mamanguape e Paulista, por exemplo, os vereadores “batem o ponto” a cada 15 dias. Depois, tempo livre. O menor salário nessas Casas legislativas: R$ 10 mil (Baía da Traição) e o maior, R$ 26,2 mil (Paulista).

Os dados dos salários são do Sistema Sagres do Tribunal de Contas. Lembrando que, com as eleições de 2024, os parlamentares já começaram a aumentar os salários, que valerão para a próxima legislatura (2025). Algumas já reajustam para agora.

LEIA TAMBÉM:

ECONOMIA PARAIBANA João Azevêdo anuncia R$ 930 milhões em pagamentos da antecipação do 13º e da folha de maio

FARRA COM DINHEIRO DO POVO Procurador diz que estado de emergência é situação grave e gestores não podem abusar: “alerta é emitido e gera consequência ao prefeito”

Já em Diamante no Sertão do estado, os parlamentares têm férias de maio a agosto e de dezembro a fevereiro. Em uma conta rápida, trabalham apenas seis meses por ano. Os salários: R$ 13,4 mil, o presidente da Casa recebe R$ 21,5 mil. Este ano, só realizaram oito sessões.

E ainda tem o fato de que os vereadores também podem ter outro emprego, acumulando os salários. E é legal – conseguiram colocar na Constituição -, mas não deixa de ser imoral. Por isso, algumas Câmaras realizam sessões às sextas-feiras à noite ou até nos sábados.

Fica a pergunta: para que está servindo muitas das Câmaras Municipais, se não para beneficiar um seleto grupo que não faz jus ao cargo.

Os eleitores votam, mas muitas vezes, desconhecem o papel do vereador e das Casas. Na maioria das vezes, o trabalho passa tão despercebido – e por culpa dos próprios parlamentares – que não se sabe dia e hora de sessão, nem o que se vota. Falta transparência.

Com Sony Lacerda

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

2 respostas

  1. You’re truly a good webmaster. This web site loading pace is incredible.
    It kind of feels that you’re doing any distinctive trick.

    Moreover, the contents are masterpiece. you have performed
    a magnificent task in this topic! Similar here: dyskont online and also here:
    Dyskont online

  2. Hi! Do you know if they make any plugins to assist with SEO?
    I’m trying to get my site to rank for some targeted keywords but I’m not seeing very good
    results. If you know of any please share. Thank you!
    I saw similar text here: Backlink Building

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *