Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

ARROTANDO DINHEIRO Prefeituras recebem nesta sexta-feira (28) FPM antecipado

A União está repassando R$ 4.388.497.543,30

O volume se refere ao terceiro decêndio de abril de 2023, que vence no próximo dia 30. O FPM é um fundo pelo qual a União distribui aos municípios brasileiros 22,5% dos recursos que arrecada com o Imposto de Renda e com o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). 

São três transferências por mês, feitas a cada dez dias (por isso o nome “decêndio”). Se a data cair no sábado, domingo ou feriado, o repasse é antecipado para o primeiro dia útil anterior. O dinheiro das prefeituras é creditado pelo Banco do Brasil. 

O FPM é uma das principais fontes de receita dos municípios e ajuda a custear despesas obrigatórias, como o pagamento de servidores públicos e da Previdência, além de outras melhorias para a população. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) estima que o Fundo é a maior fonte de recursos de cerca de 60% das prefeituras de todo o Brasil. Quando cai a arrecadação, a maioria das prefeituras enfrenta grandes dificuldades para manter as contas em dia.

LEIA TAMBÉM:

ENCONTRO DE GOVERNADORES “O que queremos é que a reforma tributária seja justa” diz João Azevêdo ao chegar para Encontro com Governadores

Termina neste sábado (29) prazo para gestores encaminharem ao FNDE a prestação de contas do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE)

A União está repassando R$ 4.388.497.543,30

De acordo com Roniverton Marcelo Alves Pereira – o “Rony” – prefeito de Ipuã (SP), esse repasse de recursos é de extrema importância: “Por ser uma cidade pequena, de 15 mil habitantes, o FPM é o principal recurso que a gente tem do governo federal, e com ele é que a gente dá manutenção na cidade, gera oportunidades para os ipuanenses, e é ele que banca despesa com servidores e serviços públicos, tanto da Saúde, quanto da Educação”, justificou o prefeito.

Como funciona
Os percentuais de participação de cada município são calculados anualmente pelo Tribunal de Contas da União (TCU), de acordo com o número de habitantes de cada cidade e a renda “per capita” dos estados. Os municípios são divididos em três categorias: capitais, interior e reserva. As capitais dos estados e Brasília recebem 10% do FPM. 

Os demais municípios brasileiros são considerados de interior, e embolsam 86,4% do fundo. Já os municípios de reserva são aqueles com população superior a 142.633 habitantes e recebem – além da participação como município de interior – uma cota adicional de 3,6%.  

Fonte: Brasil 61

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

3 respostas

  1. Wow, amazing blog layout! How lengthy have you
    ever been blogging for? you make running a blog glance easy.

    The whole glance of your site is magnificent,
    as neatly as the content! You can see similar: sklep online and here dobry sklep

  2. Hi there are using WordPress for your blog platform?
    I’m new to the blog world but I’m trying to get started and create my own. Do you need any coding knowledge to make your own blog?
    Any help would be greatly appreciated! I saw similar here:
    sklep internetowy and also here: sklep

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *