Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

APELAÇÃO Advogados de defesa de ex- diretoras do Hospital Padre Zé entram com recurso para revogar prisões

A alegação é de que houve uma contradição entre a decisão judicial, que determinou a prisão das ex-diretoras do Padre Zé e as provas apresentadas nos autos

Os advogados que fazem a defesa das ex-diretoras do Hospital Padre Zé, Jannyne Dantas Miranda e Silva, e Amanda Duarte Silva Dantas protocolou neste domingo (19) um recurso pedindo que a decisão que determinou a prisão preventiva das acusadas seja revogada.

Jannyne Dantas e Amanda Duarte são acusadas pelo Ministério Público, dentro do âmbito da Operação Indignus, de participarem de um esquema de desvio de recursos da unidade hospitalar que chegam a R$ 140 milhões de reais.

De acordo com a contestação apresentada pela defesa, houve uma contradição entre a decisão judicial que determinou a prisão das ex-diretoras do Padre Zé e as provas apresentadas nos autos.

O Ministério Público, por sua vez, justificou cautelarmente a prisão das ex-diretoras com base em evidências que indicariam uma possível obstrução da investigação. Um trecho de conversa no WhatsApp foi apresentado como fundamento para o pedido, no qual se alega que os celulares apreendidos evidenciariam uma orquestração para apagar rastros de atividades ilícitas.

A defesa contestou essa alegação, argumentando que houve uma descontextualização da prova, resultando em uma contradição entre a decisão judicial e as evidências apresentadas.

LEIA TAMBÉM:

VALE R$ 2,8 MILHÕES – Mansão de donos da Braiscompany vai a leilão nesta segunda

CANAL ACAUÃ-ARAÇAGÍ – João Azevêdo pleiteia início das obras do terceiro lote no Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional

As prisões

Jannyne, ex-administradora do Padre Zé, está sob custódia no presídio Júlia Maranhão, em João Pessoa, desde a última sexta-feira (17), quando o desembargador Ricardo Vital, do Tribunal de Justiça da Paraíba, determinou sua prisão e dos demais diretores do hospital.

O ex-presidente do instituto, o Padre Egídio de Carvalho, também foi preso e está detido no presídio especial do Valentina de Figueiredo. A ex-tesoureira do hospital, Amanda, por sua vez, teve a prisão preventiva convertida em domiciliar por necessidade de prestar cuidados ao filho de 4 meses.

A investigação

Dentre os materiais e provas reunidos pelo Ministério Público estão anotações apreendidas durante a primeira fase da Operação Indignus que revelam transferências feitas pela direção do Hospital Padre Zé, em João Pessoa, por determinação do Padre Egídio Carvalho. Os documentos comprovam que entre 08 de janeiro e 28 de agosto de 2022, Amanda Duarte transferiu ou entregou em mãos valores que somados chegam a R$ 1,5 milhão.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

4 respostas

  1. Wow, wonderful blog layout! How long have you been blogging for?
    you make blogging glance easy. The total glance of your web site is wonderful, as smartly as the content!
    You can see similar: e-commerce and here dobry sklep

  2. Unquestionably believe that which you stated. Your favorite justification appeared to
    be on the web the easiest thing to be aware
    of. I say to you, I certainly get annoyed while people consider
    worries that they just do not know about. You managed to hit the nail upon the top
    as well as defined out the whole thing without having side effect , people can take a signal.
    Will likely be back to get more. Thanks I saw similar here: najlepszy
    sklep and also here: najlepszy sklep

  3. My family members every time say that I am killing my time here at net, but I
    know I am getting familiarity everyday by reading thes nice content.
    I saw similar here: Najlepszy sklep

  4. I’m gone to inform my little brother, that he should also go to see
    this web site on regular basis to obtain updated from latest news update.

    I saw similar here: Dobry sklep

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *